Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias


09/09/2009 - 22h32

A FUNÇÃO VASOMOTORA ENDOTÉLIO-DEPENDENTE E STENTS LIBERADORES DE FÁRMACO

Estudos recentes, como o publicado na Revista Circulation: Interference of Drug-Eluting Stents with

endothelium-dependent coronary vasomotion (2008;1:193-200), mostram evidências de que os polímeros dos

stents eluidores de fármaco influenciam a função vasomotora endotélio-dependente das artérias coronárias.

83 pacientes foram acompanhados pelos períodos de 9 a 12 meses divididos em 05 grupos: Pacientes com stent

eluidor de paclitaxel, Pacientes com stent eluidor de sirolimus, Pacientes com stent eluidor de Biolimus A9,

Pacientes com stent eluidor de zotarolimus e Pacientes com stent convencional.

A resposta vasomotora endotélio dependente foi analisada por angiografia quantitativa nas porções proximal,

distal e no local do stent durante a contração atrial e freqüência cardíaca elevada gradativamente. Adesão

plaquetária e outros marcadores biológicos também foram usados para esta análise.

As características dos pacientes e as condições hemodinâmicas eram similares em todos os grupos e diferenças

significativas foram observadas nos cinco grupos de pacientes em relação a resposta vasomotora proximal e

distal ao stent.

A resposta vasomotora normal (vasodilatação) foi observada em dois grupos entre eles o de pacientes com

stent eluidor de Biolimus A9, enquanto que a vasoconstrição foi observada no grupo de pacientes com stent

eluidor de sirolimus e paclitaxel.

O estudo conclui que stents com sirolimus e paclitaxel aparentemente causam uma disfunção endotelial

enquanto que o stent eluidor de Biolimus A9 se comporta de forma mais próxima ao stent convencional,

preservando melhor a resposta vasomotora endotelial.

A disfunção endotelial observada é representada por um efeito localizado e associado ao implante de alguns

tipos de stents eluidores de fármaco e não parece ser um resultado de um processo sistêmico.